Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) na Perdizes

Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) na PerdizesA Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) foi fundada em 1912 com o nome de Faculdade de Medicina e Cirurgia de São Paulo.

Em 1925 teve seu nome alterado para Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) e em 1934, foi incorporada à recém-criada Universidade de São Paulo, passando a ter a atual designação.

Está localizada na avenida Doutor Arnaldo em frente ao Cemitério do Araçá em São Paulo.

História

A pedra fundamental da sede própria da Escola foi lançada em 25 de janeiro de 1920. Foi o último grande gesto público de Arnaldo Vieira de Carvalho, que morreu prematuramente meses mais tarde.

O edifício que hoje alberga a faculdade foi concebido por Ernesto de Sousa Campos, Luís de Resende Puech e Benedito Montenegro. Construído a partir de 1928, em grande parte com recursos da Fundação Rockefeller, o prédio foi inaugurado em 1931. As relações entre a Fundação Rockefeller e a Faculdade muito contribuíram para o aprimoramento do curso da graduação.

A Faculdade de Medicina passou a integrar a Universidade de São Paulo em 25 de janeiro de 1934, através do decreto 6.283. A partir dessa data a Escola recebeu a denominação que mantém até os dias de hoje.

As aulas práticas de clínica e cirurgia continuaram a ser ministradas na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, até 1944, quando foi inaugurado o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.
Foto do início do século XX do edifício sede da Faculdade de Medicina da USP.

O tombamento do prédio da Faculdade de Medicina, a "Casa de Arnaldo", pelo CONDEPHAAT*, reconheceu-a como um bem cultural e refere-se, ainda, ao papel que representou na História da Medicina Brasileira. As propostas que definiram a idéia da criação da Faculdade partiram do reconhecimento do papel da pesquisa científica e, com ele, a necessidade de instituir-se espaços físicos modeladores no padrão da época.

O tombamento, portanto, assegurou definitivamente a preservação do centro de ensino médico. A Faculdade de Medicina, seja no que diz respeito à construção dos prédios e instalação dos laboratórios ou com relação à sua organização funcional e orientação pedagógica, representou para o país um enorme avanço técnico, científico e cultural, sendo reconhecida e prestigiada mundialmente.

Ao longo de sua história, passou por inúmeras transformações físicas que foram alterando sua forma original, adaptando seus espaços às novas e crescentes exigências do ensino médico, nem sempre compatíveis com o tipo de instalações pré-existentes. Conseqüentemente, foi surgindo um edifício com características e intervenções de diferentes épocas.

O grande desafio do Projeto de Restauro e Modernização da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) é o de modernizar o antigo, respeitando seus aspectos histórico-culturais. Para a elaboração deste projeto foram definidas etapas de implementação dentro do Plano Diretor, onde a restauração do edifício sede se constitui na etapa inicial.

O tombamento da F.M.U.S.P. se deu a 16 de março de 1981.



Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP)

Avenida Doutor Arnaldo, 455 - Bairro: Perdizes
(11) 3061-7000



  Sobre o EncontraPerdizes
Fale com EncontraPerdizes
ANUNCIE: Com Destaque | Anuncie Grátis

siga o Encontra Perdizes no Facebook siga o Encontra Perdizes no Twitter Encontra Perdizes no Google+


Termos EncontraPerdizes | Privacidade EncontraPerdizes